No prelo há quase 50 anos...

O amor, poeta, é como cana azeda, A toda boca que não prova engana. (Augusto dos Anjos)

Textos
Título Categoria Data Leituras
Recesso de Natal e carnaval Humor 26/12/16 22
As benesses do celibato Humor 11/03/15 28
Gripe Humor 10/07/11 54
Triquestroques Humor 21/03/08 42
Conversa de bom tiquinho Humor 18/12/07 63
Site do Escritor criado por Recanto das Letras