No prelo há mais de 50 anos...

O amor, poeta, é como cana azeda, A toda boca que não prova engana. (Augusto dos Anjos)

Textos

"Quem luta com monstros deve velar por que, ao fazê-lo, não se transforme também em monstro. E se tu olhares, durante muito tempo, para um abismo, o abismo também olha para dentro de ti." Nietzsche

Autoconhecimento

Um monstro é uma imagem refletida,
quando o Eu, no espelho, se narcisa,
e reflete, da forma mais precisa,
o que alguém possa ver durante a vida:

Uma imagem da alma travestida!
Um fantasma do Eu adormecido!
Um poema (sem versos) nunca lido!
Uma arma na mão de um suicida!

Um abismo tão largo e tão profundo,
em que cai, mas que nunca chega ao fundo,
o tal monstro que dorme em nosso leito:

Tudo o mais que habita o ser humano,
que é do bem, uma farsa ou um engano,
e, do mal, o modelo mais perfeito.

O abismo que tem seu próprio jeito
de olhar para o Eu, de um outro plano.
Herculano Alencar
Enviado por Herculano Alencar em 18/08/2019
Alterado em 18/08/2019
Copyright © 2019. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.


Comentários

Site do Escritor criado por Recanto das Letras