No prelo há mais de 50 anos...

O amor, poeta, é como cana azeda, A toda boca que não prova engana. (Augusto dos Anjos)

Textos

Flor do mandacaru

Quando o mandacaru enfim floresce,
a lua se enrubesce de ciúme,
e cada estrela (com seu vaga-lume)
saúda a natureza em uma prece.

Do céu, o pranto d'água que resume
o romance entre a chuva e o estio,
anuncia que a terra entrou no cio
e que Deus já sentiu o seu perfume.

Quando o mandacaru crespa o espinho
sua flor se oferece ao passarinho,
para o beijo da vida em floração.

A lua se enrubesce um pouco mais,
e o sol finalmente dá sinais,
que a natureza ouviu a oração.
Herculano Alencar
Enviado por Herculano Alencar em 17/11/2019
Copyright © 2019. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.


Comentários

Site do Escritor criado por Recanto das Letras