No prelo há quase 50 anos...

O amor, poeta, é como cana azeda, A toda boca que não prova engana. (Augusto dos Anjos)

Textos

Magia de natal

O meu Natal não tem papai Noel,
não tem presente a torto e a granel,
nem luzes a piscar a noite inteira.

O meu Natal remonta a magia
dalgum Natal, que não me lembro o dia,
ganhei um violão de brincadeira.

Um violão sem cordas, sem tarraxa...
que toco, quando quero fazer graça,
qualquer que seja o tom ou a canção.

Um violão que imita um violino
e que, mesmo sem cordas, toca o sino,
que acende as luzes do meu coração.

O meu Natal não tem papai Noel,
mas tem estrela a torto e a granel
e o som, que eu queira ouvir, do violão.
Herculano Alencar
Enviado por Herculano Alencar em 13/12/2017
Alterado em 13/12/2017
Copyright © 2017. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.


Comentários

Site do Escritor criado por Recanto das Letras