No prelo há mais de 50 anos...

O amor, poeta, é como cana azeda, A toda boca que não prova engana. (Augusto dos Anjos)

Textos
Acrósticos (1) Artigos (4) Contos (2)
Cordel (26) Frases (24) Haikais (3)
Humor (5) Mensagens (4) Natal (8)
Pensamentos (20) Poesias (355) Sonetos (1068)
Textos Eróticos (2)
Título Categoria Data Leituras
Arte livre Poesias > Pensamentos 11/11/18 10
O meu quintal Poesias > Pensamentos 11/11/18 9
Céu de balões Poesias > Pensamentos 11/11/18 3
De lado a lado Poesias 11/11/18 4
Paz Poesias > Pensamentos 11/11/18 3
Homenagem aos quarenta anos da minha formatura Poesias > Comemorativas 11/11/18 3
Uma prece Poesias > Pensamentos 07/11/18 9
Fé cartesiana Poesias > Pensamentos 07/11/18 4
A noite dos jardineiros Poesias > Social 03/11/18 12
Sonho de verão Poesias > Bucólicas 03/11/18 15
Patrulhamento ideológico Poesias > Pensamentos 02/11/18 13
Pranto guardado Poesias > Saudade 01/11/18 9
Pra não dizer que não falei das flores Poesias > Pensamentos 27/10/18 13
Dúvidas da certeza Poesias > Pensamentos 15/09/18 20
Amor de pai Poesias > Pensamentos 12/08/18 23
Amor Poesias > Amor 12/08/18 18
Delírio Poesias > Pensamentos 11/08/18 18
Beleza cega Poesias > Pensamentos 31/07/18 24
Reflexão de um pagão utópico Poesias > Pensamentos 27/07/18 20
Autocídio Sonetos 14/07/18 21
Página 1 de 77 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 » [próxima»]
Site do Escritor criado por Recanto das Letras