No prelo há mais de 50 anos...

O amor, poeta, é como cana azeda, A toda boca que não prova engana. (Augusto dos Anjos)

Textos
Título Categoria Data Leituras
"Sonetos" entre aspas Poesias › Humor 18:48 5
Filosofossa (reedição) Poesias › Humor 03/12/21 5
Humor sem sal Poesias › Humor 16/10/21 10
Um soneto sem metro Poesias › Humor 15/10/21 13
Indicado Poesias › Humor 15/10/21 15
Humor ácido de um poeta alcalino Poesias › Humor 15/10/21 14
Pornografia poética Poesias › Humor 15/10/21 19
Saco cheio Poesias › Humor 15/10/21 14
Uma sátira ao romantismo Poesias › Humor 13/10/21 11
Euzão chatão de montão... Poesias › Humor 13/10/21 13
Tropeço impoético Poesias › Humor 13/10/21 8
Sem Anita e Cloroquina Poesias › Humor 09/10/21 19
Humor meia tigela Poesias › Humor 09/10/21 20
Porque hoje é sábado sem Vinicius Poesias › Humor 09/10/21 18
Surpresa! Poesias › Humor 09/10/21 17
Pobre rima rica Poesias › Humor 09/10/21 9
Tropeçando no lirismo Poesias › Humor 09/10/21 8
Fecho de arame Poesias › Humor 06/10/21 20
Poesia com azia Poesias › Humor 06/10/21 15
Mudança de rumo Poesias › Humor 06/10/21 11
Página 1 de 4 1 2 3 4 próxima»
Site do Escritor criado por Recanto das Letras