No prelo há mais de 50 anos...

O amor, poeta, é como cana azeda, A toda boca que não prova engana. (Augusto dos Anjos)

Textos
Acrósticos (1) Artigos (4) Contos (2)
Cordel (33) Frases (24) Haikais (3)
Humor (6) Mensagens (4) Natal (10)
Pensamentos (25) Poesias (619) Sonetos (1077)
Textos Eróticos (2)
Título Categoria Data Leituras
Apropiação indébita Poesias › Reflexão 08/04/21 10
Soneto without son e sem neto Poesias › Surrealistas 06/04/21 9
Elefantoide Poesias › Humor 02/04/21 11
Vidinha medíocre a minha! Poesias › Humor 02/04/21 8
Poeta penitente Poesias › Humor 02/04/21 6
Triquestroques Poesias › Humor 02/04/21 7
Um espinho no calcanhar Poesias › Humor 01/04/21 8
Acidente de percurso Poesias › Humor 01/04/21 7
Bateu o sono Poesias › Humor 01/04/21 6
Porta de bar Poesias › Humor 01/04/21 8
Amor sem fim Poesias › Amor 31/03/21 18
Coelho sem toca Poesias › Pensamentos 31/03/21 6
A Peste, a Guerra, a Fome, a Morte e o Quinto Cavaleiro do Parnaso. Poesias › Surrealistas 26/03/21 9
Sete a um (sieben zu eins) Poesias 23/03/21 5
A flauta mágica Poesias › Paz 22/03/21 16
Cirque du Soreil Poesias › Redondilha 17/03/21 12
Ide pra cova, ide... Cordel 17/03/21 13
Uma história de sucesso Poesias › Humor 17/03/21 3
Paradoxalidade Poesias › Pensamentos 17/03/21 5
O novo velho Poesias › Redondilha 17/03/21 8
Página 1 de 91 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 » [próxima»]
Site do Escritor criado por Recanto das Letras