No prelo há mais de 50 anos...

O amor, poeta, é como cana azeda, A toda boca que não prova engana. (Augusto dos Anjos)

Textos
Acrósticos (1) Artigos (4) Contos (2)
Cordel (36) Frases (27) Haikais (3)
Humor (6) Mensagens (4) Natal (10)
Pensamentos (33) Poesias (715) Sonetos (1083)
Textos Eróticos (2)
Título Categoria Data Leituras
Parodiando Drummond Poesias 10/09/21 16
Um espasmo de utopia Sonetos 08/09/21 19
Ao séquito da ditadura Poesias › Redondilha 07/09/21 19
Feijoada incompleta Poesias › Humor 04/09/21 20
Sina Poesias › Pensamentos 04/09/21 10
Êxito Poesias › Pensamentos 03/09/21 8
Uma metáfora para o deus verde (Dólar) Poesias › Pensamentos 03/09/21 10
A metáfora do ardil poético Poesias › Reflexão 03/09/21 7
Sem caspa e sem preconceito Poesias › Humor 02/09/21 11
Inimigo eterno Poesias › Humor 02/09/21 7
Paixão selvagem (reedição) Poesias › Sensuais 01/09/21 13
Quem não falar de amor... Poesias › Amor 01/09/21 9
Poema bêbado Poesias › Surrealistas 01/09/21 11
Abstração Poesias › Surrealistas 30/08/21 10
Fisiopatologia do preconceito Poesias › Reflexão 29/08/21 11
Cenas de terror Sonetos 27/08/21 13
Sonho eterno Poesias › Reflexão 25/08/21 13
Concepção Poesias › Amor 23/08/21 29
Algumas das minhas tolices conscientes Pensamentos 09/08/21 24
Um pouco mais de filosofia de araque Pensamentos 07/08/21 17
Página 3 de 97 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 » «anterior próxima»
Site do Escritor criado por Recanto das Letras