No prelo há mais de 50 anos...

O amor, poeta, é como cana azeda, A toda boca que não prova engana. (Augusto dos Anjos)

Textos
Acrósticos (1) Artigos (4) Contos (2)
Cordel (36) Frases (27) Haikais (3)
Humor (6) Mensagens (4) Natal (10)
Pensamentos (33) Poesias (715) Sonetos (1083)
Textos Eróticos (2)
Título Categoria Data Leituras
Rachadinha Poesias › Redondilha 12/03/21 8
Mitologema moderno Poesias › Redondilha 12/03/21 5
Porra, Isaías! Poesias › Redondilha 12/03/21 9
ATÉ O "PULMÃO DO MUNDO" ESTÁ SEM OXIGÊNIO! Poesias › Glosa 12/03/21 4
Meu país Poesias › Redondilha 12/03/21 6
Agiotas da fé Poesias › Reflexão 10/03/21 7
Mote: Foi Zé Dantas um doutor Na musicoterapia. Poesias › Glosa 10/03/21 9
Estrela muda Poesias › Tercetos 06/03/21 8
Súplica de um Odisseu Poesias › Amor 03/03/21 11
Outra Lisboa (reedição) Sonetos 03/03/21 14
Uma breve história do poeta do absurdo Poesias › Redondilha 02/03/21 13
Poeta ressurrecto Poesias › Transcendentais 28/02/21 8
O mar!... Poesias › Tercetos 28/02/21 11
Psicografia no futuro do pretérito Poesias › Transcendentais 20/02/21 21
Nuncupação (reedição) Sonetos 20/02/21 19
Às favas com o rigor das regras Sonetos 17/02/21 26
Lexicografia vulgar Poesias › Humor 15/02/21 14
Teologia tupiniquim do carnaval Poesias 13/02/21 15
Eu, filósofo de mim Poesias › Reflexão 13/02/21 13
Do Natal ao carnaval Poesias › Humor 12/02/21 13
Página 8 de 97 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 » «anterior próxima»
Site do Escritor criado por Recanto das Letras