No prelo há mais de 50 anos...

O amor, poeta, é como cana azeda, A toda boca que não prova engana. (Augusto dos Anjos)

Textos
Acrósticos (1) Artigos (4) Contos (2)
Cordel (36) Frases (27) Haikais (3)
Humor (6) Mensagens (4) Natal (10)
Pensamentos (33) Poesias (715) Sonetos (1083)
Textos Eróticos (2)
Título Categoria Data Leituras
Saudade é lembrança viva que ninguém se livra dela. Poesias › Glosa 20/07/21 12
Sobra tristeza ou falta alegria? (Menção ao Poeta Jota Garcia) Poesias › Reflexão 19/07/21 15
O Cordel do absurdo Cordel 18/07/21 29
A gente deve entender a linguagem do poeta Poesias › Glosa 16/07/21 24
Saudade acesa Poesias › Redondilha 03/07/21 34
Autocrítica Poesias › Redondilha 03/07/21 20
Cantigas de roda Poesias › Redondilha 01/07/21 16
Pra dizer adeus Poesias › Redondilha 30/06/21 14
O barão de Timon (paródia ao Barão de Münchhausen) Cordel 28/06/21 21
O pagode do crioulo doido Poesias › Surrealistas 26/06/21 12
Era uma vez... Cordel 26/06/21 37
A valsa do crioulo doido Poesias › Surrealistas 25/06/21 12
O bolero do crioulo doido Poesias › Surrealistas 25/06/21 9
O tango do crioulo doido Poesias › Surrealistas 25/06/21 7
O Xote do crioulo doido Poesias › Surrealistas 24/06/21 15
Saudosa maloca (um poema do crioulo doido) Poesias › Surrealistas 23/06/21 12
Goiabada cascão (soneto do "crioulo doido") Poesias › Surrealistas 23/06/21 12
Simpatia de São João Poesias › Comemorativas 23/06/21 7
Recordações Poesias › Saudade 23/06/21 14
Fantasia com Drummond Poesias › Pensamentos 22/06/21 13
Página 5 de 97 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 » «anterior próxima»
Site do Escritor criado por Recanto das Letras