No prelo há mais de 50 anos...

O amor, poeta, é como cana azeda, A toda boca que não prova engana. (Augusto dos Anjos)

Textos
Acrósticos (1) Artigos (4) Contos (2)
Cordel (35) Frases (24) Haikais (3)
Humor (6) Mensagens (4) Natal (10)
Pensamentos (25) Poesias (660) Sonetos (1080)
Textos Eróticos (2)
Título Categoria Data Leituras
A valsa do crioulo doido Poesias › Surrealistas 25/06/21 12
O bolero do crioulo doido Poesias › Surrealistas 25/06/21 9
O tango do crioulo doido Poesias › Surrealistas 25/06/21 7
O Xote do crioulo doido Poesias › Surrealistas 24/06/21 15
Saudosa maloca (um poema do crioulo doido) Poesias › Surrealistas 23/06/21 11
Goiabada cascão (soneto do "crioulo doido") Poesias › Surrealistas 23/06/21 11
Simpatia de São João Poesias › Comemorativas 23/06/21 7
Recordações Poesias › Saudade 23/06/21 14
Fantasia com Drummond Poesias › Pensamentos 22/06/21 13
Rima rica Sonetos 21/06/21 19
Voo longo em asas curtas Poesias › Surrealistas 16/06/21 13
Mulher em letras Poesias › Pensamentos 16/06/21 11
Desafinado desatino (da oficina) Poesias › Desilusão 14/06/21 13
Entressafra ( da oficina) Poesias › Reflexão 10/06/21 9
O poeta de mim (da oficina poética) Poesias › Reflexão 10/06/21 8
Sátira alegre Poesias › Pensamentos 09/06/21 5
Silêncio catártico Poesias › Pensamentos 09/06/21 10
Soneto à valsa Sentimental de Tchaikovski Sonetos 09/06/21 11
Uma sátira ao ciúme Poesias › Humor 08/06/21 10
Alecrim-bravo Sonetos 31/05/21 19
Página 2 de 93 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 » [«anterior] [próxima»]
Site do Escritor criado por Recanto das Letras