No prelo há mais de 50 anos...

O amor, poeta, é como cana azeda, A toda boca que não prova engana. (Augusto dos Anjos)

Textos
Acrósticos (1) Artigos (4) Contos (2)
Cordel (36) Frases (27) Haikais (3)
Humor (6) Mensagens (4) Natal (10)
Pensamentos (33) Poesias (715) Sonetos (1083)
Textos Eróticos (2)
Título Categoria Data Leituras
Verso de pé quebrado Poesias › Tradicionalista 09/10/21 10
Pobre rima rica Poesias › Humor 09/10/21 9
Tropeçando no lirismo Poesias › Humor 09/10/21 7
Fecho de arame Poesias › Humor 06/10/21 20
Poesia com azia Poesias › Humor 06/10/21 15
Mudança de rumo Poesias › Humor 06/10/21 11
Pintura surreal Poesias › Humor 06/10/21 8
Redondilha do absurdo Poesias › Redondilha 06/10/21 11
Inesperado Poesias › Humor 02/10/21 21
De volta a Drummond Poesias › Humor 30/09/21 23
Pensamento escrito Poesias › Pensamentos 29/09/21 19
Metáfora sexual Poesias › Sensuais 29/09/21 23
Uma metáfora ao negacionismo (négationnisme) Poesias › Pensamentos 29/09/21 11
Mitomania Poesias › Redondilha 26/09/21 24
Deus uno Poesias › Pensamentos 26/09/21 18
Ler (releitura) Poesias › Reflexão 22/09/21 25
Filosofia da sombra Poesias › Pensamentos 21/09/21 11
Cliente preferencial Poesias › Humor 15/09/21 27
O jegue misterioso (reedição) Cordel 13/09/21 22
Barco de papel Poesias › Pensamentos 13/09/21 27
Página 2 de 97 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 » «anterior próxima»
Site do Escritor criado por Recanto das Letras