No prelo há mais de 50 anos...

O amor, poeta, é como cana azeda, A toda boca que não prova engana. (Augusto dos Anjos)

Textos
Acrósticos (1) Artigos (4) Contos (2)
Cordel (37) Duetos (9) Frases (27)
Haikais (3) Humor (6) Mensagens (4)
Natal (10) Pensamentos (33) Poesias (730)
Sonetos (1098) Textos Eróticos (2)
Título Categoria Data Leituras
Sul real Poesias › Surrealistas 19:44 7
"Sonetos" entre aspas Poesias › Humor 18:48 5
Soneto do agora Sonetos 17:20 16
Bucolismo de Natal Poesias › Reflexão 15:25 8
Ares de dezembro Poesias › Reflexão 13:17 8
Cartel de Natal Poesias › Reflexão 09:53 7
Filosofossa (reedição) Poesias › Humor 03/12/21 5
Deus Triste / Triste Deus Duetos 03/12/21 16
Reminiscências (reedição) Poesias › Saudade 28/11/21 14
Até que enfim Sonetos 27/11/21 26
Presente de natal Poesias › Saudade 27/11/21 8
O papai noel moderno Sonetos 27/11/21 12
Soneto de Natal Sonetos 27/11/21 13
Um tom de cinza Sonetos 26/11/21 10
Aos predadores da natureza Sonetos 21/11/21 17
O Natal hodierno Poesias › Redondilha 21/11/21 15
SONHOS MORTOS / SONHO VIVO Duetos 19/11/21 11
DESENCANTO / DESENCANTO Duetos 19/11/21 14
Parto poético Sonetos 19/11/21 12
VOZES DO MAR / RUMORES DAS ONDAS DO MAR Duetos 19/11/21 7
Página 1 de 99 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 » próxima»
Site do Escritor criado por Recanto das Letras