No prelo há mais de 50 anos...

O amor, poeta, é como cana azeda, A toda boca que não prova engana. (Augusto dos Anjos)

Áudios
Título Categoria Data Audições
A língua dos guetos do parnaso Poesias Recitadas 06/04/20 0
A bunda em soneto Poesias Recitadas 06/04/20 5
Antítese da criação Poesias Recitadas 06/04/20 1
Metáfora ao primeiro amor Poesias Recitadas 05/04/20 17
Visão à meia luz Poesias Recitadas 05/04/20 3
Poema da solidão Poesias Recitadas 05/04/20 2
Fé cega Poesias Recitadas 05/04/20 5
Impressões de Portugal Poesias Recitadas 05/04/20 1
Magia de Natal Poesias Recitadas 05/04/20 2
Bomba P Poesias Recitadas 05/04/20 3
Eu, médico Poesias Recitadas 05/04/20 2
Superação Poesias Recitadas 05/04/20 4
Na solidão do Fado Poesias Recitadas 05/04/20 0
Fim de linha Poesias Recitadas 05/04/20 0
O dom da liberdade Poesias Recitadas 05/04/20 3
Arte livre Poesias Recitadas 05/04/20 2
Fá cartesiana Poesias Recitadas 05/04/20 1
Fabela do sapo e o boi Poesias Recitadas 05/04/20 0
Alma de poeta Poesias Recitadas 05/04/20 2
O pecado da arte Poesias Recitadas 05/04/20 1
Página 3 de 9 1 2 3 4 5 6 7 8 9 [«anterior] [próxima»]
Site do Escritor criado por Recanto das Letras