No prelo há mais de 50 anos...

O amor, poeta, é como cana azeda, A toda boca que não prova engana. (Augusto dos Anjos)

Textos
Título Categoria Data Leituras
"Barriga mediana" menção a crônica "Gostoso" de Rosa Pena Sonetos 03/10/09 22
"Deus é brasileiro" Sonetos 26/10/12 16
"Filosofossa" Sonetos 29/05/15 30
"Satireta" conjugal Sonetos 24/10/12 14
...Não tem jeito, morre torto! (Frase de para-choque de Caminhão Sonetos 30/05/13 17
1-Os cem filhos de Sophia Sonetos 05/07/15 18
10-Os cem filhos de Sophia Sonetos 28/12/15 14
11-Os cem filhos de Sophia Sonetos 30/12/15 25
2-Os cem filhos de Sophia Sonetos 05/07/15 16
3-Os cem filhos de Sophia Sonetos 05/07/15 17
4-Os cem filhos de Sophia Sonetos 08/07/15 12
5-Os cem filhos de Sophia Sonetos 09/07/15 12
6-Os cem filhos de Sophia Sonetos 09/07/15 11
7-Os cem filhos de Sophia Sonetos 09/07/15 15
8-Os cem filhos de Sophia Sonetos 09/07/15 16
9-Os cem filhos de Sophia Sonetos 10/07/15 25
A arte poética Sonetos 23/02/13 27
A arte segundo Oscar Wilde Sonetos 17/02/15 29
A Bunda em soneto Sonetos 14/05/11 93
A busca de si mesmo Sonetos 06/03/13 48
Página 1 de 54 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 » [próxima»]
Site do Escritor criado por Recanto das Letras