No prelo há quase 50 anos...

O amor, poeta, é como cana azeda, A toda boca que não prova engana. (Augusto dos Anjos)

Textos
Acrósticos (1) Artigos (4) Contos (2)
Cordel (25) Frases (24) Haikais (3)
Humor (5) Mensagens (4) NATAL (8)
Pensamentos (17) Poesias (251) Sonetos (1068)
Textos Eróticos (2)
Título Categoria Data Leituras
Doutos jantares Poesias > Pensamentos 30/12/16 10
Os senões da esperança Poesias > Pensamentos 30/12/16 13
O décimo primeiro mandamento Poesias > Reflexão 29/12/16 21
O preço da liberdade Poesias > Reflexão 28/12/16 14
Refém da poesia Poesias > Pensamentos 27/12/16 13
A corrupção foi pra panela! Poesias > Redondilha 27/12/16 11
Recesso de Natal e carnaval Humor 26/12/16 22
Ética sem caráter Poesias > Pensamentos 26/12/16 6
Flagrante de véspera Poesias > Reflexão 24/12/16 13
Pensamentos antifilosóficos (5) Pensamentos 07/12/16 20
Pensamentos antifilosóficos (4) Pensamentos 03/12/16 16
Pensamentos antifilosóficos (3) Pensamentos 03/12/16 9
Pensamentos antifilosóficos (2) Pensamentos 28/11/16 10
Tela em branco Poesias > Bucólicas 27/11/16 19
Jogo de cintura Poesias > Reflexão 26/11/16 13
Pensamentos antifilosóficos (1) Pensamentos 26/11/16 12
Antes só... Poesias > Humor 20/11/16 24
Crer ou não crer, eis a questão. Poesias > Pensamentos 18/11/16 27
Zé-do-lixo Poesias > Social 15/11/16 22
Por quem as panelas plangem? Poesias > Social 13/11/16 19
Página 5 de 71 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 » [«anterior] [próxima»]
Site do Escritor criado por Recanto das Letras