No prelo há mais de 50 anos...

O amor, poeta, é como cana azeda, A toda boca que não prova engana. (Augusto dos Anjos)

Textos
Acrósticos (1) Artigos (4) Contos (2)
Cordel (26) Frases (24) Haikais (3)
Humor (5) Mensagens (4) Natal (8)
Pensamentos (20) Poesias (355) Sonetos (1068)
Textos Eróticos (2)
Título Categoria Data Leituras
Vieses do destino Poesias > Reflexão 13/07/18 13
Soneto para "Duas guitarras" Poesias > Amizade 11/07/18 14
Coração amante Poesias > Amor 08/07/18 21
Copa da vida Poesias > Redondilha 07/07/18 17
Idiota perfeito Poesias > Reflexão 16/06/18 37
Vossa Santidade o Mercado Poesias > Redondilha 06/06/18 17
Livre pensar Pensamentos 31/05/18 23
Meu cãozinho Poesias > Pensamentos 19/05/18 17
Mãe Poesias > Comemorativas 13/05/18 13
Conselheiro Poesias > Pensamentos 09/05/18 10
Metáforas sobre a ética material Poesias > Pensamentos 09/05/18 11
No colo materno Poesias > Reflexão 04/05/18 15
A flor do preconceito Poesias > Pensamentos 08/04/18 33
Bens de direito Poesias > Redondilha 30/03/18 31
Treinamento pascal Poesias > Redondilha 28/03/18 13
Ao dia da mentira Poesias > Humor 25/03/18 30
Extremus Poesias > Pensamentos 17/03/18 18
Eutanasia Poesias > Tristeza 13/03/18 17
A mulher decomposta em metáforas Poesias > Pensamentos 07/03/18 20
A gênese da mulher Poesias > Reflexão 28/02/18 18
Página 2 de 77 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 » [«anterior] [próxima»]
Site do Escritor criado por Recanto das Letras