No prelo há mais de 50 anos...

O amor, poeta, é como cana azeda, A toda boca que não prova engana. (Augusto dos Anjos)

Textos
Acrósticos (1) Artigos (4) Contos (2)
Cordel (26) Frases (24) Haikais (3)
Humor (5) Mensagens (4) Natal (8)
Pensamentos (20) Poesias (355) Sonetos (1068)
Textos Eróticos (2)
Título Categoria Data Leituras
Posseiro da pátria Poesias > Pensamentos 07/09/17 13
Independência e norte Poesias > Esperança 07/09/17 14
Corte à musa Poesias > Amor 06/09/17 25
Concepção Poesias > Amor 06/09/17 20
Cotidiano Poesias > Reflexão 03/09/17 11
Poeta... Poesias > Pensamentos 02/09/17 21
Um deus poeta Poesias > Pensamentos 02/09/17 20
BRAVO! Poesias > Amor 28/08/17 20
Surreal real Poesias > Surrealistas 27/08/17 18
Desnexo Poesias > Surrealistas 26/08/17 19
Tim-tim Poesias > Humor 20/08/17 17
Oração para o tio Sam (esticando a corda) Poesias > Humor 19/08/17 7
Capitalismo da Fé Poesias > Pensamentos 19/08/17 15
Tal e qual Poesias > Pensamentos 13/08/17 23
Metáforas para o dia dos pais Poesias > Pensamentos 12/08/17 21
Filosofia de morto-vivo Poesias > Pensamentos 11/08/17 11
Intelectual.com Poesias > Pensamentos 11/08/17 14
A alma do capital Poesias > Pensamentos 05/08/17 16
João do Vale vale a sua história Poesias > Comemorativas 04/08/17 8
Um sábio no espelho Poesias > Pensamentos 29/07/17 10
Página 6 de 77 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 » [«anterior] [próxima»]
Site do Escritor criado por Recanto das Letras