No prelo há mais de 50 anos...

O amor, poeta, é como cana azeda, A toda boca que não prova engana. (Augusto dos Anjos)

Textos
Título Categoria Data Leituras
A muda muda Sonetos 06/02/16 39
Parachoqueando a sátira Sonetos 17/01/16 34
Parachoqueando o medo de avião Sonetos 17/01/16 31
Parachoqueando o perfume das flores Sonetos 17/01/16 25
Parachoqueando a pobreza Sonetos 16/01/16 27
Viagem musical Sonetos 09/01/16 48
11-Os cem filhos de Sophia Sonetos 30/12/15 25
10-Os cem filhos de Sophia Sonetos 28/12/15 14
Teoria da involução. Sonetos 12/10/15 35
Ode a Fernando Pessoa Sonetos 10/10/15 33
O Homo sapiens moderno Sonetos 10/07/15 38
9-Os cem filhos de Sophia Sonetos 10/07/15 25
8-Os cem filhos de Sophia Sonetos 09/07/15 16
7-Os cem filhos de Sophia Sonetos 09/07/15 15
6-Os cem filhos de Sophia Sonetos 09/07/15 11
5-Os cem filhos de Sophia Sonetos 09/07/15 12
4-Os cem filhos de Sophia Sonetos 08/07/15 12
3-Os cem filhos de Sophia Sonetos 05/07/15 17
2-Os cem filhos de Sophia Sonetos 05/07/15 16
1-Os cem filhos de Sophia Sonetos 05/07/15 18
Página 2 de 54 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 » [«anterior] [próxima»]
Site do Escritor criado por Recanto das Letras